top of page

Artista brasileiro Marcos Cavallaria faz apresentação inédita no Burning Man

Durante o Burning Man deste ano, o artista brasileiro, Marcos Cavallaria fez sua apresentação inédita no evento que reuniu mais de 70 mil pessoas no deserto de Black Rock, no condado de Pershing, Nevada.

A 35º edição do festival aconteceu entre os dias 27 de agosto e 4 de setembro, na qual Marcos teve seus trabalhos novamente admirados pelo público. “Neste Burning Man, manifesto minhas séries de arte pela terceira vez. Em harmonia com o Playalchemist e sob a bênção da Rainha Krystal, a pirâmide se transforma no meu canvas. Com sua generosidade, a Playa me apresentou às musas Hensley e Karina. Em resposta, apresento-lhes minhas criações, TIMEFRAME e HOLOGRAM”, disse o artista sobre o projeto.


Marcos Cavallaria sempre busca uma nova maneira de expressar sua paixão pela arte, com obras que misturam física quântica e fotografia. Com isso, ele conta detalhes sobre a exposição: "Na face da pirâmide, o TIMEFRAME se revela. A visualização do agora efêmero rapidamente desvanece-se no contínuo do tempo-espaço, provocando a percepção visual de como imprimimos nossa linha do tempo." Ainda sobre essa obra, que mistura as realidades de 3D e 2D, rompe a realidade estética visual.


Deixando sua marca para uma sensação única sobre seu trabalho, que sirva de inspiração para outros artistas. No festival, Marcos quis passar a mensagem de estarmos "juntos, numa intervenção artística colaborativa, imergimos no cerne da arte, tecendo experiências que desafiam e estendem nossa percepção da realidade."

Mais sobre Marcos Cavallaria


Se dividindo entre São Paulos e Paris, Marcos é daqueles artistas inquietantes, que sempre busca uma nova maneira de expressar sua paixão pela arte de desenhar (aos 14 anos, ele chegou a criar cartoons para a Comic Con de Los Angeles), transformando a pintura em luz na fotografia e filmagem. Foi justamente a sua sensibilidade e curiosidade de artista que ama a luz, que fez com que Marcos criasse o projeto Cavallaria Live Performance Exhibition com as séries TimeFrame e Stardust, que, em resumo, consiste em tornar visível o invisível, ou seja, a relação entre realidade e dimensão se tornam reais sob efeito óptico captado pelas lentes de Marcos Mello, desenvolvidas a partir de estudos e tecnologia fornecida pela RED DIGITAL e seus cientistas, que também são os mesmos da Nasa. O resultado: imagens incríveis projetadas de uma maneira na qual é possível enxergar os fragmentos de luz até então invisíveis a olho nu, que mais se parecem com diamantes flutuantes sob o ar. Imagens até então vistas apenas por cientistas em estudos sobre o universo. A primeira exibição da performance ao vivo foi realizada no final de 2018 no Art Basel, em Miami, com a participação da top model Isabeli Fontana e de Loic Mabanza, dançarino da Madonna. Tanto pioneirismo e inovação acarretaram em convites para exposições ao vivo das séries TimeFrame e Stardust em galerias de Paris, Nova Iorque e Los Angeles, previstas para acontecerem ainda neste ano.

Comments