top of page

Manoel Soares fala sobre relação com filhos autistas no podcast "Infância com Ciência"




Nesta semana, o apresentador multiplataforma Manoel Soares esteve presente no podcast Infância com Ciência, das psicólogas infanto-juvenis Ariádny Abbud e Nathalia Heringer, no qual falou sobre parentalidade atípica. Além de apresentador multiplataforma, escritor e jornalista, ele é pai de 6, dedicado e afetuoso. Sempre buscando ensinar e dividir as melhores experiências com seus filhos, ele acredita que as funções parentais são peças importantes para os mecanismos de conexão. 


No episódio, que teve como tema central ''Explorando o Autismo pela Perspectiva Paterna'', Manoel trouxe a visão de um pai que tem filhos no espectro autista, compartilhando desafios, conquistas, ou seja, a jornada única de amor e aceitação da parentalidade atípica: "É super importante os pais viverem esse momento, desfrutarem do desenvolvimento da criança. E não comparar seus filhos, isso é muito difícil para quem está recebendo o diagnóstico nesse momento, que é você não comparar o seu filho a outras crianças, e isso acontece no movimento automático. É importante que nós, pais de crianças que têm o desenvolvimento considerado atípico, entendamos que nós estamos ganhando a possibilidade de observar com microscópio os milagres da vida", disse.

Em um papo emocionante e inspirador, o apresentador contou como o seu filho Ezequiel, o mais velho entre os dois neurodiversos, teve o seu primeiro diagnóstico, revelando que quem o alertou foi um amigo próximo da família. Logo depois, o pequeno, que hoje tem cinco anos, começou a usar a música para se expressar: "Aprendi a tocar piano em quatro meses, porque entendi que  eles usavam a música para se comunicar comigo. Se eu tocasse 'Se Essa Rua Fosse Minha' em Lá menor, eles iam e apertavam o Lá, e eu já sabia o que era. O piano começou a ser nosso meio de comunicação".


''Eu sou um comunicador, trabalho com a fala, e Deus me deu dois seres humanos que para me comunicar com eles eu preciso me calar", revelou o apresentador. 

Manoel aconselhou aos pais a ter cuidado com as situações em volta do pequeno/a. "Crianças neurodiversas têm uma percepção energética diferenciada, eles conseguem sentir a energia do  ambiente. Por isso, não finjam que estão bem, elas perceberão", disse. 

Em seu atual momento de carreira, em que apresenta o agregador de notícias "Bombou" ao lado de sua esposa, Dinorá, o artista também afirmou estar grato por ter sua família sempre ao lado. "Coloquei todo mundo para trabalhar junto, criamos uma agenda de envolvimento familiar, entendemos que é uma família atípica e sou grato aos meus filhos que abraçam essa situação". 


Ele contou também como está atualmente com a rotina de trabalho e familiar. "Depois que eu saí da TV Globo, uma das coisas que eu pude fazer foi trabalhar em casa. Eu montei um estúdio na minha casa, e eu saio, acordo, dou banho neles, vou lá e gravo o meu programa, volto para dar café para eles. Então, quando a minha esposa diz 'papai está trabalhando', eles vão lá no meu estúdio, a situação está muito gostosa, não subestimem o processo de desenvolvimento da criança."


O episódio na íntegra, está disponível no Spotify e Youtube: