top of page

Rapper Dani Nega lança seu primeiro EP solo com show no Sesc Pompeia

Com participação de Alessandra Leão, novo trabalho aborda o racismo, a violência urbana e a apropriação cultural


Depois de longa e frutífera parceria com diversos artistas, Dani Nega lança seu primeiro EP solo autoral, "Dani Nega", com show na Comedoria do Sesc Pompeia na sexta-feira, 25 de novembro, às 21h30, em São Paulo.

Produzido com o apoio do coletivo internacional Outburst Americas, que cria oportunidades de criação e circulação da arte queer em nível global, o novo trabalho traz elementos autobiográficos da rapper, que aborda, do seu ponto de vista singular, temas como racismo, violência urbana e apropriação cultural.

"É um retrato do meu dia a dia na cidade, trabalhando, criando e vivendo afetos como mulher negra e lésbica, contado e cantado através das linguagens do Spoken Word, das tradições poéticas vindas das cenas dos Slams e do Rap", conta Dani.

O espetáculo e o EP contam com a participação da cantora e compositora Alessandra Leão. Dani Nega também será acompanhada por uma nova banda formada por jovens músicos da cena musical preta. O show é embalado pela mistura da música eletrônica contemporânea com sonoridades pretas, como o funk/soul e o R&B.


Metralhadora poética

Quem teve ouvidos atentos à música e ao teatro negro no Brasil na última década já sabe que Dani Nega vem despontando como um nome importante dessa cena. Com voz suave, precisa e irônica, a atriz, MC, compositora e ativista dos movimentos negro e LGBTQI+ é uma metralhadora poética que honra a sigla R.A.P. em suas duas versões: 'rhythm and poetry', no inglês, ou 'revolução através da palavra', em sua apropriação brasileira. Atua como parceira junto a importantes grupos de teatro, como "O Crespos", "Coletivo Negro" e "Núcleo Bartolomeu de Depoimentos". Com esse último, ganhou o Prêmio Shell de melhor trilha sonora com o espetáculo "Terror e Miséria no Terceiro Milênio", onde assina direção musical. Dani Nega tem um trabalho musical em parceria com o produtor/músico/performer Felipe Julian (Craca). A dupla foi premiada no 28 ̊ Prêmio da Música Brasileira como melhor Álbum Eletrônico e no Prêmio Profissionais da Música. Em 2022, alçou voo solo com o single "Sai Boy", parceria com a cantora, musicista, compositora e atriz Ellen Oléria.

Para conferir o EP e saber mais informações sobre o show, acesse https://linktr.ee/daninega



Comments